5 Motivos para aprender Inglês – Taxistas

0023 - Gramatica - whats wrong taxi - preposicoes.mp4.Still001

Você é bombardeado com propagandas na televisão e na internet lhe mostrando como aprender Inglês é essencial. Porém, por que aprender Inglês é essencial para você que trabalha em um táxi ou com outra forma de transporte?

Seguem 5 motivos para lhe ajudar na decisão de iniciar sua jornada no aprendizado de Inglês:

1) Clientes estrangeiros = Gorjeta
É muito comum em diversos países, principalmente em países de Língua Inglesa, como nos EUA, pagar gorjetas para os prestadores de serviço que realizaram um bom serviço, incluindo taxistas e motoristas.
Então, pense bem, um investimento único para aprender a comunicar-se em Inglês, pode ajudar a você, motorista de táxi, a receber um valor bem maior através de gorjetas de clientes internacionais satisfeitos com seu serviço.

2) Cliente satisfeito = confiança e recorrência
Imagine se você está em um país desconhecido, não sabe falar o idioma e de repente encontra um motorista de táxi que fala Português e lhe ajuda a chegar em seu destino inicial. Você pegará o contato deste motorista e se tiver mais alguma necessidade de transporte, ligará para ele, certo? Com certeza, eu faria isso e muito provavelmente, é o que turistas estrangeiros farão quando você os atender bem em Inglês. Uma corrida transforma-se em várias corridas para o motorista, e consequentemente, aumenta sua possibilidade de receita.

Continue reading

“O Turista”, Inglês para Taxistas, Estádio ou Shopping?

Sao Paulo - Morumbi

Post 5 – Nosso amigo turista começará a conhecer São Paulo, mas como está um dia chuvoso, ele decidiu ir a um Shopping, para comprar algumas coisas e passear um pouco.

Será que ele conseguirá informar ao taxista qual seu destino?

Vamos ao diálogo:

Turista – Can you take me to the Morumbi mall?

Taxista (entendeu que ele deseja ir ao Mobumbi, mas não entendeu a outra palavra) – Morumbi Stadium?

Turista – No, the mall.

Taxista – What?

Continue reading

What’s Wrong? – “Another Brick in the Wall” – Pink Floyd

Assim como você, gostamos de Pop Culture. Com a série de posts “What’s Wrong” pretendemos, de uma forma divertida e usando músicas e filmes consagrados, ajudar você que já tem conhecimento do idioma, a praticar seu Inglês.

A fórmula é simples: ouça a música ou assista o vídeo e identifique qual o erro gramatical feito pelo artista. Entendemos que muitas vezes o erro é resultado de uma liberdade artística, mas mesmo assim, “pegaremos no pé” dos artistas J.

Para ajudá-lo, colocaremos o trecho da letra da música ou do roteiro em que o erro se encontra. Use a área de Comentários para sua resposta e no post da próxima semana, revelamos o que artista fez de errado.

Para o primeiro post, iniciaremos com um clássico do rock: “Another Brick in the Wall” do Pink Floyd. Assista o vídeo e veja abaixo o trecho da música em que o erro se encontra:

 

Continue reading

“O Turista”, Post 4, Comprando uma escova de dentes

turista - sao paulo - opcao 2

Algo muito comum em viagens é você chegar no destino, tirar as coisas da mala e perceber que esqueceu a escova de dentes. Já aconteceu comigo, acredito que tenha acontecido com muitos de vocês e aconteceu com nosso amigo turista. Bem, agora ele precisa ir na farmácia ao lado do hotel e comprar uma escova nova.

Será que ele conseguirá facilmente conversar com a atendente e comprar sua escova?

Vamos ao diálogo:

Turista – Hi, I need a toothbrush!

Atendente (aprendeu uma frase MUITO importante quando iniciamos o aprendizado de Inglês) – Sorry, I can’t understand you. Can you repeat, please? (traduzindo – “Desculpe-me, não consigo entende-lo. Você pode repetir, por favor?”)

Turista– I need a toothbrush.

Atendente – Hmmm.

Continue reading

“O Turista”, Post 3, Pedindo uma bebida

turista - sao paulo - opcao 1

Após fazer seu check-in no hotel e ajeitar as coisas em seu quarto, nosso turista desce até o bar do hotel para tomar sua primeira cervejinha no Brasil.

Será que ele conseguirá conversar facilmente com o garçom e matar sua sede?

Vamos ao diálogo:

Turista – Hi, a beer, please!

Garçom (ele compreendeu que o cliente quer uma cerveja, mas deseja saber se o cliente quer uma cerveja ou um chopp) – A chopp?

Turista (sem entender o significado da palavra “chopp”) – A “what”?

Continue reading

“O Turista”, Post 2, Entrada no Hotel

turista - sao paulo - opcao 2

Nosso turista enfrentou bravamente o trânsito de São Paulo e após uma hora e meia fez o trajeto do Aeroporto até seu hotel na Avenida Paulista.

Como será sua comunicação com a recepcionista do hotel para fazer o check-in?

Vamos ao diálogo:

Turista – Hi, I have a reservation. The name is Smith.

Recepcionista (sabe que para encontrar a reserva precisa do sobrenome do hóspede, mas não compreendeu o nome que foi dito pelo cliente) – Ahn?

Continue reading