5 Dicas para a Publicação de Artigos Científicos

Publicação de Artigos Científicos

Desde o início do século XXI, a publicação de artigos científicos no Brasil tem crescido constantemente, e passamos da 17ª posição no ranking mundial para a 13ª, com mais de 50.000 artigos publicados. Com o crescimento do mercado, o processo de publicação ficou mais simples, porém, a concorrência é maior, portanto, discutimos hoje 5 dicas práticas para lhe ajudar a encontrar a combinação perfeita entre seu artigo e as revistas científicas de seu segmento.

1. Faça uma pesquisa da base de artigos já publicados

Parece óbvio, mas muitos membros da comunidade acadêmica gastam semanas em suas pesquisas sem antes avaliar se algum estudo semelhante já foi publicado. Antes da existência da internet, isso até era justificável, pelo alto custo e dificuldade de acesso a estudos internacionais, porém, atualmente existem muitas ferramentas para efetuar essa busca.

No Brasil temos uma ótima ferramenta que é o Portal de Periódicos do CAPES de acesso gratuito para acadêmicos de universidades conveniadas. No Portal há mais de 37.000 periódicos disponíveis e deve ser o primeiro passo de seu projeto de pesquisa, para não investir tempo e recursos desnecessários na publicação de seu artigo.

2. Tenha em mente uma estratégia digital

A grande maioria das publicações internacionais possui uma plataforma digital. Aliás, pense na sua rotina de busca de informações, muito provavelmente você utiliza o Google ou um outro mecanismo de busca para encontrar o que necessita.

Nesse cenário atual, qualquer acadêmico que publique um artigo científico, necessita fazer um estudo prévio das expressões mais buscadas para que seu artigo seja encontrado por um público maior. Esse processo envolve dois conceitos chamados SEO (Search Engine Optimization) e Marketing de Conteúdo. Caso você não tenha tempo para investir no aprendizado das melhores técnicas de otimização de conteúdo, procure o apoio de um especialista em marketing digital e geração de conteúdo online.

Na era da transformação digital, em que a concorrência por atenção online é cada vez maior, para que seus artigos acadêmicos tenham alcance global, não basta buscar o apoio de um tradutor de artigos científicos. Você também precisa que este profissional ou empresa seja especialista na tradução de websites para entender a melhor forma de conseguir mais acessos.

3. Escolha da publicação

Nem sempre essa é uma tarefa fácil, pois você não pode simplesmente encaminhar seu artigo para dezenas de publicações e esperar que uma responda, pois poderá cair em uma situação em que mais de um periódico deseja publicar seu artigo e você precisa retratar sua solicitação com algumas revistas, impactando na sua credibilidade e fechando portas futuras.

Para mapear quais as melhores publicações para encaminhar sua pesquisa, existe uma ferramenta online gratuita extremamente útil, disponibilizada pela Edanz .

Neste Portal, informando o segmento, palavra-chave ou nome da publicação, você terá uma lista de várias publicações, com detalhes importantes como o “Fator de Impacto”, que determina a importância e o alcance da revista na comunidade acadêmica.

4. Revisão do texto e tradução do conteúdo

Cada publicação tem suas características editoriais específicas, portanto, a partir do momento da escolha de um canal de distribuição de seu artigo científico, você precisa revisá-lo e editá-lo de acordo com os padrões dessa publicação.
Para revistas internacionais, a qualidade do conteúdo traduzido é essencial para a aceitação e posterior repercussão positiva de sua pesquisa, portanto, contate uma agência especializada na tradução de artigos científicos para lhe apoiar nesse processo. Busque uma empresa de tradução com experiência em seu segmento para conseguir os melhores resultados.

5. Transparência

Para finalizar, para o sucesso de sua pesquisa é muito importante que você seja completamente transparente quanto as limitações e aos interesses envolvidos em sua pesquisa. Exemplos de limitação de pesquisa podem ser um tamanho reduzido de amostra ou condições desfavoráveis durante a pesquisa.
Na questão de interesses, é importante abrir quais as fontes de financiamento ou investimentos recebidos de empresas privadas ou agências de fomento.
Essas informações expostas no momento da apresentação do artigo a uma revista podem até fechar algumas portas, mas lhe garantem a credibilidade no momento que sua pesquisa for aceita e seus resultados discutidos pela comunidade acadêmica.

Para pesquisadores e acadêmicos, a Spark English é uma empresa de traduções especializada na tradução de artigos e atende Universidades em todo o Brasil. Entre em contato conosco!

by Eric Menau

Empreendedor, nascido nos EUA e apaixonado por esportes americanos (e meus times RedSox, Magic e Dolphins), inovação, tecnologia, traduções, marketing digital e inovação.