Quando devo contratar uma tradução juramentada?

Tradução juramentada

Essa é uma dúvida que muitas pessoas têm. Se a pergunta fosse quando “posso” contratar uma tradução juramentada, a resposta seria simples: para qualquer caso. Porém, não faria sentido contratar um tradutor juramentado para situações normais de uma empresa como textos técnicos, manuais de produto, peças de comunicação ou para necessidades da comunidade acadêmica como a tradução de artigos científicos.

Você precisa de uma empresa de tradução experiente com profissionais qualificados para essas situações, mas o tradutor juramentado, cujo nome oficial é tradutor público e intérprete comercial, somente é necessário para determinadas situações.

Quais documentos exigem traduções juramentadas?

Todos os documentos que precisam ser apresentados à justiça ou que necessitam ser protocolados em um cartório de títulos e documentos. Por isso, também são chamadas de traduções públicas. Alguns exemplos práticos são:

- Comprovante de histórico escolar ou diplomas, principalmente para pessoas que buscam uma bolsa de estudos no exterior.
- Certidão de casamento ou nascimento, além de passaportes, para encaminhamento ao consulado ou embaixada de algum outro país.
- Qualquer documento estrangeiro que seja utilizado em um processo de justiça no Brasil.
- Procurações e testamentos.

Como encontrar um tradutor juramentado?

Através da Junta Comercial de seu estado, basta procurar no Google e deve ser facilmente encontrado. O tradutor juramentado é escolhido através de concurso promovido pela Junta Comercial de cada estado, sendo que não há prazo determinado para a realização de concursos. Cada estado determina de acordo com as necessidades e a demanda para suas cidades.

Alguns estados podem passar até 20 anos sem realizar um concurso para escolha de profissionais de tradução juramentada, então, seguindo um princípio básico de economia, como a oferta de profissionais é escassa e a demanda é crescente, o valor cobrado é mais alto do que qualquer agência de tradução e acaba se tornando uma opção com um bom retorno de investimento apenas para os casos em que for obrigatório.

Para um país em desenvolvimento que busca crescer e que deveria ter políticas de apoio ao desenvolvimento de parcerias internacionais, essa restrição protecionista que eleva o custo para profissionais e empresas é mais um resquício de uma política atrasada.

Aceitação de documentos traduzidos no exterior

Esse é um ponto complicado, pois cada país tem suas próprias leis. Mesmo uma tradução juramentada de um documento em Português, não garante que essa tradução seja reconhecida como um documento oficial em outro país. Principalmente se você está conduzindo uma negociação de comércio internacional, peça que seu comprador ou vendedor em outro país lhe ajude com as informações do que realmente é exigido nesse país para evitar atrasos que prejudiquem seus negócios.

Para as pessoas físicas, lembre-se que a tradução dos documentos é a base para a oficialização de eventos em outros países, mas existem passos posteriores que devem ser tomados. Um casamento realizado no Brasil, por exemplo, precisa ser oficializado com as autoridades norte-americanas. A tradução juramentada de sua certidão de casamento no Brasil não o faz casado nos EUA, sendo no entanto, uma das etapas, pois essa tradução deve ser encaminhada através de processo da embaixada, para reconhecimento do matrimônio.

Caso tenha alguma dúvida para encontrar um tradutor juramentado, entre em contato conosco. Encaminharemos para você as informações das pessoas registradas na Junta Comercial na sua região.

by Eric Menau

Empreendedor, nascido nos EUA e apaixonado por esportes americanos (e meus times RedSox, Magic e Dolphins), inovação, tecnologia, traduções, marketing digital e inovação.