5 Dicas de Tradução para SEO

agência de tradução para SEO e marketing digital

Se você encontrou esse texto, provavelmente foi devido a uma estratégia de SEO, ou seja, durante a criação do mesmo usei palavras-chave que foram reconhecidas pelos mecanismos de busca com grande relevância, tanto que quando você digitou no Google algo como “tradução para SEO”, por exemplo, o link deste artigo de nossa agência de tradução foi mostrado.

Neste texto, não vou entrar a fundo nas estratégias de SEO, mas sim, naqueles pontos que você precisa prestar atenção quando traduzir um texto que será publicado online em Português e Inglês, para aumentar as possibilidades de ser encontrado pelo seu público-alvo internacional.

1. Faça a pesquisa das palavras-chave nos dois idiomas

Lembre-se que o objetivo é ser encontrado tanto por quem efetuar buscas no mercado brasileiro em Português, quanto por possíveis leads que busquem pelo serviço ou assunto sobre o qual você está escrevendo em Inglês.

E muitas vezes, o volume de buscas por uma certa palavra-chave em um idioma não é replicado no outro, ou seja, se você simplesmente traduzir as palavras-chave, pode perder uma oportunidade de ouro em atingir sua audiência.

Por isto, faça um trabalho prévio de pesquisa usando o Planejador de Palavras-Chave do Google, selecionando um idioma de cada vez para identificar as palavras que realmente tem o maior volume e menor concorrência.

2. Utilize as palavras-chave em subtítulos com tag H2

Cada vez mais os mecanismos de busca estão priorizando a experiência do usuário como fator para ranking das páginas. E um dos fatores mais importantes na estrutura de seu texto é dividir as informações com subtítulos que façam a leitura ficar mais fácil, aumentem o tempo que o visitante fica na página e reduzam a taxa de rejeição.

Com isto em mente, crie um rascunho de seu texto, mapeando os tópicos que deseja tratar, sempre usando as palavras-chave principais. Use estes tópicos com uma Tag H2 para destaca-los na página e mostrar ao Google que eles estão destacados em seu texto, em ambos os idiomas.

3. Aumente seu vocabulário – evite a repetição de palavras-chave!

Antigamente uma das estratégias mais usadas por profissionais de marketing digital para melhorar o posicionamento de SEO de uma página era repetir a palavra-chave em questão várias vezes na mesma página. Hoje em dia, esta artimanha não funciona mais e o Google na verdade tem penalizado sites que usam esta técnica ultrapassada.

Quando se trata de um site em Inglês, muitas vezes ao traduzir a partir do Português, pelo vocabulário do cotidiano ser mais simples em Inglês, as pessoas acabam sem querer repetindo muitas vezes uma ou várias palavras, o que mesmo sem a intenção de “burlar o sistema”, acaba enviando sinais indesejados aos mecanismos de busca.

Use um dicionário para descobrir sinônimos ou entre em contato com uma empresa de tradução que pode lhe ajudar neste trabalho.

4. Use vocabulário relacionado ao seu tema

Além de evitar a repetição de palavras-chave, é importante não basear toda a estrutura de seu texto somente em sinônimos para buscar um bom ranking. O Google evoluiu muito em relação a este ponto e considera em sua análise não somente as palavras principais, mas também aquelas que estão relacionadas ao assunto de seu post ou página.

Por exemplo, se vamos escrever sobre nossos serviços de tradução de artigos científicos, teremos uma maior possibilidade de sermos encontrados se falarmos também de tradução acadêmica, revisão de artigos, publicações científicas e comunidade acadêmica. O Google entende que quanto maior for o relacionamento com temas de interesse de seu público-alvo, maior será o valor de seu texto, portanto, ele será listado em uma posição melhor.

5. Não utilize ferramentas de tradução gratuitas

As ferramentas de tradução online são opções excelentes para apoiar no entendimento de um texto em Inglês ou tirar alguma dúvida pontual de tradução que você tenha. Porém, para usá-la como base de um texto que você publicará em seu nome em Inglês, além dos erros comuns ao usar esta ferramenta, você não conseguirá cumprir os pontos listados acima.

O perigo é que ao usar a ferramenta, se alguma tradução ficar “estranha” para os algoritmos do Google, e principalmente, para os olhos de seus leitores, além de você não conseguir uma posição boa no ranking da palavra-chave em questão, a taxa de rejeição desta página será alta e isto prejudicará ainda mais sua situação com os mecanismos de busca.

Na Spark English, além de uma empresa de tradução, somos especialistas em Marketing Digital e podemos ajudar sua empresa com estratégias de SEO e técnicas para trazer mais visitantes para seu site. Conheça mais sobre nossos serviços e entre em contato para entendermos a melhor forma de apoiar seu negócio.

by Eric Menau

Empreendedor, nascido nos EUA e apaixonado por esportes americanos (e meus times RedSox, Magic e Dolphins), inovação, tecnologia, traduções, marketing digital e inovação.

  • http://www.agenciapomar.com.br Agência Pomar

    Ótimo texto! Abs!